sexta-feira, 18 de junho de 2010


A família de Alex Vallauri não acredita essa imagem ao Alex

2 comentários:

suzanna disse...

beatriz, pfavor preciso entrar em contato com vc, meu nome e Suzanna Sassoun e fui amiga e marchand do Alex muitos anos ate o fim, preciso contato com Dna. Lea que mudou para o Rio, e depoimentos seus pois e possivel que finalmente saia a expo dele, meu e-mail e susassoun@uol.com.br/agradeço Abs

BJKPMA disse...

Olá Suzanne,
Eu era parceiro de Alex nos Estados Unidos. Eu não estava com ele quando ele morreu - ele sempre me disse que estaria vindo de volta a Nova York e eu deveria apenas enviar-lhe uma boa energia.
Quando nós estávamos juntos Eu não sabia que ele era um artista famoso. Eu adorei sua arte, eu adorei fazer arte com ele, e eu amei como ele me ensinou a ver a beleza do mundo. Eu tenho muitas coisas que o Alex me deu - arte, letras, etiquetas, seu livro 'Canal 27'. Eu continuo a ter sorte que a minha vida continuou, e eu fiquei tão surpreso ao saber que Alex era de fato um artista famoso. Eu só aprendi que há alguns anos atrás através de um encontro casual com alguém que eu conversei com a internet.
Há um prédio em Manhattan onde alguém tinha protegido seu acrobatas até aproximadamente 2005. Em seguida, o edifício onde os acrobatas eram foi vendida ea arte apagados. Eu comecei a permissão de os novos proprietários do edifício para restaurar os acrobatas usando um dos estênceis de Alex, e estou esperando para instalar uma placa interpretativa na parede.
Eu apenas queria que você soubesse que eu existo. Em algum momento eu gostaria de saber quem legar memorabilia de Alex para. Talvez você pode ajudar?

Eu aprendi de você do primo Alex Beatriz. E não, eu não sei Português, estou usando o tradutor do google!

Obrigado,
Brian Kaufman